Sobre

O Tema da festa dos tabernáculos para este tempo: O ESPÍRITO DE GRAÇA E SÚPLICAS

O objetivo da festa para a igreja hoje é renovar a esperança na fidelidade do Senhor e lembrar que Deus é o supridor de nossas vidas. Ele nos formou e nos abençoou para andarmos debaixo de sua fidelidade em santidade e amor.

Como igreja não poderemos jamais esquecer que o Senhor é o mesmo de ontem, quando cuidou do povo de ISRAEL no deserto, suprindo as necessidades físicas, alimentando-os, vestindo-os e protegendo do frio da noite e do calor do dia, assim como também os calçou para que os pés deles pudessem caminhar protegidos e em segurança.

É sabermos que o Senhor proporciona para nós momentos em nossas vidas que a glória dEle é revelada de maneira sobrenatural, pois Deus é Pai e amigo. Veja que Israel viveu experiências de amor e proteção, mesmo na infidelidade, o Senhor se manteve fiel a Palavra liberada a respeito daquele povo. "O Senhor ia adiante deles, durante o dia, numa coluna de nuvem, para os guiar pelo caminho; durante a noite, numa coluna de fogo, para os alumia... Nunca se apartou do povo...".(Ex13:21-22)

Saiba irmão que o caminho pode ser difícil, mas é nele que Deus vai se fazer presente. As temperaturas em um deserto são contrastantes. Por exemplo, no deserto do Saara (África), durante o dia a temperatura pode variar entre 50° a 80° C. Durante a noite a temperatura cai tanto que pode chegar até 0° C. Pense só, Deus estava não só conduzindo o seu povo pelo deserto, mas também protegendo-o. A nuvem durante o dia protegia o povo do sol e das altas temperaturas, enquanto que o fogo a noite garantia calor e os protegia das baixas temperaturas. Vê? Este é o Deus que governa a sua vida. Ele pensa em tudooooooo!

2

HISTÓRICO DA FESTA

"Disse mais o Senhor a Moisés: Fala aos filhos de Israel, dizendo: Aos quinze dias deste mês sétimo será a Festa dos Tabernáculos ao Senhor, por sete dias. Ao primeiro dia haverá santa convocação: nenhuma obra servil fareis. Sete dias oferecereis oferta queimada ao Senhor; no dia oitavo tereis santa convocação, e oferecereis ofertas queimadas ao Senhor: é reunião solene, nenhuma obra servil fareis.

São estas as festas fixas do Senhor, que proclamareis para santas convocações, para oferecer ao Senhor oferta queimada, holocausto e oferta de manjares, sacrifícios e libações, cada qual em seu dia próprio; além dos sábados do Senhor, e das vossas dádivas, e de todos os vossos votos, e de todas as vossas ofertas voluntárias que dareis ao Senhor.

Porém aos quinze dias do mês sétimo, quando tiverdes recolhido os produtos da terra, celebrareis a festa do Senhor por sete dias; ao primeiro dia, e também ao oitavo. haverá descanso solene. No primeiro dia tomareis para vós outros frutos de árvores formosas, ramos de palmeiras, ramos de árvores frondosas, e salgueiros de ribeiras; e, por sete dias, vos alegrareis perante o Senhor, vosso Deus. Celebrareis esta como festa ao Senhor por sete dias cada ano; é estatuto perpétuo pelas vossas gerações ; no mês sétimo a celebrareis. Sete dias habitareis em tendas de ramos; todos os naturais em Israel habitarão em tendas; para que saibam que eu fiz habitar os filhos de Israel em tendas, quando os tirei da terra do Egito: Eu sou o Senhor vosso Deus."(Levítico 23.33,43)

Tabernáculo é gratidão e fé!

A Festa dos Tabernáculos tinha dois aspectos distintos na época do Templo. Uma parte da festa era consagrada ao louvor e ações de graça. O toque das trombetas convocava o povo, que se prostrava nas ruas para assistir à marcha dos sacerdotes que iam ao tanque de Siloé, enchiam uma vasilha de prata de água e depois rumavam para o templo e a derramavam no altar. Era um cortejo glorioso de sacerdotes vestidos de branco, instrumentos musicais e corais. Os levitas se faziam acompanhar por músicos em instrumentos de corda, sopro e percussão durante a recitação dos Salmos 113 a 118- especialmente as palavras messiânicas do Salmo 118, versos 25 e 26: "Ó Senhor, salva, Te pedimos! Ó Senhor, nós te pedimos, envia-nos a prosperidade. Bendito aquele que vem em nome do Senhor".

Esse ritual de derramamento de água simbolizava ações de graça pela chuva que possibilitou a colheita do ano. Orações por mais chuva eram feitas para possibilitar a colheita da próxima estação. Por isso ela simbolizava gratidão pela colheita, por ser originalmente uma festa agrícola, assim como a Páscoa e Pentecoste. Apesar disso Deus lhe atribui um significado histórico: a lembrança da peregrinação pelo deserto e o sustento pelo Senhor. A fragilidade das tendas que o povo construía era uma lembrança da fragilidade do povo quando peregrinou os 40 anos no deserto a caminho da Terra Prometida.

A palavra "tabernáculo" origina-se da palavra latina tabernaculum que significa uma cabana, um abrigo temporário.No original hebraico a palavra equivalente é sukka, cujo plural é sukkot.

Esse ritual simbolizava também a alegria espiritual e a salvação.

A cada dia, durante o período da Festa, os sacerdotes rodeavam o grande altar de sacrifícios, uma vez, agitando suas palmeiras em todas as direções. Os ramos eram seguros juntos na mão direita, e a cidra, na mão esquerda.

No sétimo dia, chamado "HoshanaRabbah" que significa "A grande Salvação", os sacerdotes rodeavam o altar sete vezes, recitando o Salmo 118.

Durante os sete dias de Sukkot, o grande altar de sacrifício recebia um número de sacrifício maior do que em qualquer outra festa: 70 novilhos, 14 carneiros, 98 cordeiros e 7 bodes (Números 29.12-34).

Em relação aos 70 novilhos o Talmud ensina que as setenta nações do mundo são representadas nas ofertas de expiação de Israel. O segundo ponto alto das comemorações eram os festejos. À noite, as multidões festejavam com banquetes e ainda cantavam e caminhavam pelas ruas portando tochas. Eram também colocadas tochas que iluminavam o átrio do Templo. Nesses momentos demonstravam sua gratidão a Deus desfrutando as boas coisas da vida e o prazer de gozarem a companhia uns dos outros.

É nesse espírito de gratidão que iremos celebrar a Festa dos Tabernáculos em Marabá. Gratidão por mais um ano de provisão e proteção. Faremos exatamente como Senhor direcionou: CELEBRAREMOS COM GRATIDÃO E OFERTAS.

História Rei da Glória

Voltar

Autor: Arieta Magrini

Rei da Glória nasceu em dias de sequidão, num tempo em que os meus olhos precisavam ver o Rei. Estava em uma situação em que o céu parecia fechado, completamente cinza. Deus parecia estar em silêncio. Por um instante olhei para o céu comecei a cantar um verso que dizia: “Vem e enche esse lugar, Rei da Glória pode entrar, és bem vindo e meu coração é o teu altar…”. Deus se manifestou de tal maneira que eu fiquei cheia naquele momento da presença do Rei da Glória, que mudou não só toda a atmosfera daquele lugar, mas também o meu próprio coração.

2 Como não Amar

História da letra

Autor: Renan Uchôa

O Teu olhar me conquistou
Eu pertenço a Ti, Jesus
A Tua mão me transportou
Para o reino do Teu amor
Eu sou livre em Ti
E eu vivo somente pra Ti
Hoje eu posso te adorar
Em Tua casa pra sempre habitar
Como não amar um Deus assim
Que se entregou por mim
Como não render o meu louvor
A um Deus como o Senhor
Como não agradecer 3x
Eu Te amo Deus
Muito mais que palavras
Meu anseio é te servir, Jesus
Todo tempo eu te adoro
Tudo o que eu tenho e sou é teu
Conhecer-te, responder ao teu amor
Com minha vida vou te exaltar, Senhor
Como não amar um Deus assim
Que se entregou por mim
Como não render o meu louvor
A um Deus como o Senhor
Como não amar um Deus assim
Como não render o meu louvor
Como não agradecer 3x
Eu Te amo Deus

História Como Não Amar

Voltar

Autor: Renan Uchôa

” ‘Como não amar’ é uma declaração de amor a um Deus que nos amou primeiro, e demonstrou esse amor de todas as maneiras possíveis, utilizando todos os recursos disponíveis em suas mãos, para que pudéssemos ser chamados novamente de filhos. Este mesmo Deus, quer nos ensinar que o amor deve ser uma expressão de gratidão, e que devemos expressar o nosso amor por Ele não apenas da boca para fora, mas com todo o nosso ser, com atitudes que alegrem o seu coração.

3 Salmo 40

História da letra

Esperei com paciência no Senhor
Esperei com paciência no Senhor
E ele se inclinou a mim
E me ouviu quando clamei por Seu socorro
Me tirou da lama e da perdição
Sobre uma rocha colocou meus pés, firmou meus passos

Bem aventurado o homem que põe
A sua confiança no Senhor
São tantas maravilhas que Tu tens operado

Eis aqui estou,
pois o meu Deus me pôs nos lábios novo hino de louvor
Um cântico e eu cantarei
Muitos ouvirão e temerão
E também confiarão em Ti, Senhor

História Salmo 40

Voltar

Autor: Ana Paula Nóbrega

Durante o projeto “Não Haverá Limites”, todos nós nos apegamos muito um ao outro. Quando a banda foi reduzida, era muito difícil ver alguns amigos partindo, voltando para suas casas devido ao fim de nosso período de estágio proposto pela coordenação. Ao ler o Salmo 40, o Senhor me alegrou e disse que estava cuidando de cada um. Confiando em Suas promessas, todos nós poderíamos celebrar a vitória e o cuidado fiel do nosso Deus. Foi neste contexto que nasceu essa canção.

4 Boa Terra

História da letra

Qual é a terra do meu coração
É rochosa ou cheia de espinhos
Será terra a beira do caminho
Me alegro em ouvir a Tua voz
Mas percebo que a semente em mim
Não deu fruto como deveria

Em meu coração tomo a decisão
De uma nova vida ter
Mais que ouvir obedecer
Quero Te seguir
Viver só pra Ti
Que eu possa dar Senhor
Frutos para o Teu louvor
Tem boa terra
Boa terra dentro do meu coração

Nada impedirá
Nada impedirá
Tua palavra em mim frutificará
Nada vai roubar
Nada vai roubar
A semente que o Senhor em mim plantar

História Boa Terra

Voltar

Autor: Ana Paula Nóbrega

Numa aula de liderança de louvor que a Ana Valadão não pode ir, a Marine Almeida foi substituí-la. Ela abriu aquele dia lendo Mateus 13:3-9. Lembro-me bem quando ela ressaltou: “Não sei o porquê deste texto, mas o Senhor me tocou para compartilhar”. Naquela hora, não consegui me concentrar em mais nada; obedeci ao Espírito Santo que foi me dando toda a canção. É uma das minha composições que mais amo.

5 Tu és tudo pra mim

História da letra

Mais uma vez estou aqui, ó Pai
Cansado de andar longe de Ti
Eu quero ouvir Tua doce voz dizer
Vinde a mim, filho meu

Quero voltar correndo para Ti
Beber do rio do Teu grande amor
Como criança nos braços do Pai
Dependendo de Ti

Eu tenho sede e fome
Por mais da Tua glória, ó Deus
E como a corça não desistirei de Te buscar
Amado

Pois Tu és tudo o que eu preciso, ó Deus
Meu coração apaixonado está por Ti
Pois Tu és tudo o que eu preciso, ó Deus
Eu cantarei uma canção de amor por Ti

Tu és tudo pra mim, Tu és tudo pra mim
Tu és tudo pra mim, Tu és tudo pra mim

Há um anseio em meu coração
Com Teu fluir ó vem, inunda-me
Eu quero Te sentir mais uma vez
Desejado Jesus

Tu és tudo pra mim, Tu és tudo pra mim
E em meu coração há uma nova canção:
Tu és tudo pra mim

História Tu és Tudo Pra Mim

Voltar

Autor: Renan Uchôa

” ‘Tu és Tudo Pra Mim’ Nasceu de um profundo desejo por mais de Deus, e uma declaração de fome e sede pela sua presença. Entendo que nem sempre estamos tão próximos do Pai como deveríamos, mas que é justamente essa falta, que nos impulsiona para corrermos desesperadamente em sua direção e nos lançarmos em seu colo. Somos ainda tão falhos e limitados, afinal, ainda esperamos pelo Grande Dia, em que seremos transformados mediante o resplendor da sua glória. Por isso buscamos sua face a cada dia: porque não podemos viver sem a sua presença e porque Ele é tudo pra nós.”

6 Espontâneo

7 Santo quero Ser

História da letra

Peço a Ti
Inclina-te a mim
Ouve a minha voz
Desesperado estou
Preciso do teu amor
Preciso do teu perdão
Sei que nada tenho
Mas o que sou eu te dou

Atrai-me Senhor
Ao Teu encontro eu irei
Se pequei perdoa-me
Vê se há em mim algum caminho mal

E sara-me, lava-me, purifica-me
Santo quero ser

História Santo quero Ser

Voltar

Autor: Daniela Cristina Cambraia

Essa canção surgiu inesperadamente. Levantei-me pela madrugada sussurrando uma melodia. Ali percebi que Deus estava me inspirando para uma nova canção. Gravei tudo no celular e no dia seguinte, escrevi a letra, expressando o meu desejo de ser santo como é o nosso Deus.

8 Aos Teus Pés

História da letra

Eu quero estar onde Tu estás, Jesus
Vou correndo e me lanço aos teus pés, Jesus
Eu quero estar onde Tu estás, Jesus
Vou correndo e me lanço aos teus pés, Jesus

O Teu olhar revela o amor do Pai
Tua palavra faz meu coração arder
Esse Teu amor me constrange
Quebrantado me rendo a Ti

Eu quero estar onde Tu estás, Jesus
Vou correndo e me lanço aos teus pés, Jesus
Eu quero estar onde Tu estás, Jesus
Vou correndo e me lanço aos teus pés, Jesus

O teu sofrer trouxe a minha paz
Por Tuas feridas fui curado
Tua morte não foi em vão
Reconheço o valor do Teu sangue

Eu quero estar onde Tu estás, Jesus
Vou correndo e me lanço aos teus pés, Jesus
Eu quero estar onde Tu estás, Jesus
Vou correndo e me lanço aos teus pés, Jesus

Porque te amo
Eu te amo, Jesus

História Aos Teus Pés

Voltar

Autor: Jose Marcos Dirceu

Na 1ª semana de aula no CTMDT, o Senhor me inspirou a compor esta canção enquanto eu orava. Ela traz uma mensagem de devoção, pois estando na presença de Jesus, reconhecemos a suficiência que existe em Sua pessoa. Além disso a canção fala de ser um verdadeiro discípulo, porque andar com Jesus é estar onde Ele está, tocando as pessoas que Ele tocaria.

9 Apocalipse 5

História da letra

Com Teu sangue compraste para Deus
Homens de toda tribo, língua e nação
E para Deus os fizeste sacerdotes
E reis que sobre a terra reinarão
Ouvi a voz de muitos anjos a cantar
Proclamando em alta voz

Digno é o Cordeiro
Digno é o Cordeiro
É digno de receber
Todo louvor, honra e glória

Então pude ouvir dos seres que há no céu
E daqueles que habitam terra e mar
Louvores ao Cordeiro de Deus
Que assentado sobre o trono já está
Domínio e poder ao nosso Rei
Pelos séculos dos séculos

Digno é o Cordeiro
Digno é o Cordeiro
É digno de receber
Todo louvor, honra e glória

Teu trono é eterno
Ó Deus

História Apocalipse 5

Voltar

Autores: Alisson Martins Maciel, Alan Rodrigo P. da Silva, Lucas Couto de Oliveira

Na matéria História da Música Cristã, ministrada por Soraya Gomes, a turma foi dividida para musicar as Escrituras. Ficamos responsáveis por musicar Apocalispe 5:9-14. A maior parte da composição ficou com os alunos Alisson, Alan e Lucas, mas toda a equipe composta também por Bruna Moraes, Ivanira Carrah, Miriam Braga, Ramon Coimbra, Danielle Alexandre, Isabella Almeida e JC, receberam de Deus esta inspiração que convida todo o Brasil para declarar “Digno é o Cordeiro”.

10 Espontâneo

11 Compaixão Que Faz Milagres

História da letra

Com os perdidos quem se importará?
Muitos gritos, quem os ouvirá?
Ao chamado de Cristo quem responderá?
Entregar a vida sem olhar pra trás

O campo branco já está
Para o Trabalho eu vou me preparar
Em ações eu vou te honrar
E por amor a Ti Senhor vou me entregar

Vem gerar em mim
Tua compaixão
Capaz de realizar milagres
Mostra o Teu amor
Através de mim
Revelando justiça e verdade
Às nações
Quem se importará?
Quem nos ouvirá?
Quem responderá sem olhar pra trás?
Gera em mim compaixão que faz milagres

Vem gerar em mim
Tua compaixão
Capaz de realizar milagres
Mostra o Teu amor
Através de mim
Revelando justiça e verdade
Às nações
Ooooo…

História Compaixão que faz milagres

Voltar

Autor: Renata Cristina Neves Gomes

Aprendi no CTMDT que a palavra compaixão, no grego, significa “sentir dores nas entranhas”. Estudando sobre Jesus pude perceber que era exatamento isto o que Ele sentia quando procurado por alguém. Esta dor o movia a manifestar curas e milagres. Desta reflexão nasceu a canção, como um clamor pela compaixão que só é gerada em nós pelo Seu Espírito.

12 Dedicação, amor, paixão

História da letra

Dedicação, amor, paixão
Com um coração que bate só por Ti
Só por Ti Senhor!

Hey yo! Quem somos nós? – Quem não teme
Prepara-te para trabalhar, porque a terra geme
E a nossa voz não treme!
Essa é uma outra geração, nova atitude
Essa é uma nova geração que vai com tudo!
Para ser quebrada pelo Oleiro
A mensagem será espalhada pelo mundo inteiro
E o sangue do Cordeiro é o que nos faz andar
É o que nos dá vida e nos faz avançar
Hey yo! Respira fundo! Fica mais leve!
Deita fora o peso porque o fardo é leve
Temos a chama divina que queima em nós
Vem conosco e ouve a nossa voz
Esquece o teu passado, caminha em frente , olha pro céu
Agradece a vida porque o perdão já é teu
Antes no pecado, mas agora na luz
Resgatando vidas com a mensagem da cruz

Dedicação, amor, paixão
Com um coração que bate só por Ti
Só por Ti Senhor!

Toma o fôlego de vida, respira fundo!
Esta é a missão que dá vida, o sentido é profundo
O sentimento é de igualdade, não interessa mais nada
O que é preciso é amor nessa caminhada
Nós somos diferentes, mas a vontade é igual
O que queremos alcançar é fora do normal
Está longe do alcance desta geração
Longe da vista, mas no coração
Mas nós acreditamos que é possível a mudança
E na lembrança, guardo a esperança como criança
Que podemos oferecer em troca da fome
Não é a nossa força, mas é esse Nome
Perguntas sem respostas? Neste mundo: várias!
Que sobrevivem entre guerras e causas contrárias
Mas o amor é maior, e esse amor é pra dar
Que a essência de Cristo nunca venha a faltar

A geração que muda, que faz acontecer
Vai muito além do que os olhos podem ver
Com santidade, sem maldade, com amor e intensidade: Só por Ti, Senhor!

História Dedicação, amor, paixão

Voltar

Autor: Roberto Paulo Gonçalves de Jesus Fontinha

Creio que esta canção é um som profético. Expressa o resultado da salvação e a necessidade do ´´ide“. No tempo em que estudei no CTMDT ficou muito claro que Deus tem algo para fazer através de nós e que devemos urgentemente deixar para traz tudo aquilo que nos impede de sermos estes instrumentos, até porque, afinal de contas… Tudo é por Ele.

13 Proclamarei Senhor

História da letra

Com tudo o que tenho e tudo o que sou
Te adorarei, Senhor
Eu viverei só para Ti
Amado meu

Temperar este mundo
E levar tua luz aos povos
Esta é a missão

Me chamaste para ser luz do mundo
E o sal que dá sabor
O Teu amor proclamarei Senhor
Anunciarei as obras do Deus vivo

História Proclamarei ao Senhor

Voltar

Autor: José Marcos Dirceu

O Senhor me inspirou a compor esta música no início de 2009, no estado da Paraíba, durante um momento de devocional. Ela fala sobre a proposta de vida que Jesus nos desafia a viver: Adorá-Lo e proclamar Seu Evangelho com tudo o que temos e somos aqui na terra.

PALAVRA APOSTÓLICA

PALAVRA APOSTÓLICA

 

Fotos

Faça